Fante, O clérigo.


Fante, um Kãdu da família paquiderme, com traços vívidos dos Elefantes, viveu grande parte de sua longa vida em um arquipélago das Ilhas dos Rastros. Todos de sua linhagem eram devotos à Sacerdotisa, e viviam para o bem e em comunhão com o mundo. A natureza de suas vilas, simplórios pontos em meio às ilhotas, lhe ensinaram a arte da navegação, porém seus traços de raça lhe impediam de exercê-la com precisão adequada.


Uma vez a cada ano, em forma de gratidão à Sacerdotisa, eles percorriam uma rota entre as ilhas no período de um dia e uma noite, sempre cantando e buscando paz e prosperidade para com seu Ícone. Na última temporada, no final do evento, quando a noite já avançava pela terra, eles ouviram uma voz dizendo: "Esqueçam a canção de esperança". A voz se proclamou sendo O Cruzado, e completou uma maldição fazendo com que as ilhotas deixassem de existir, sumindo por completo em meio às aguas calmas das Ilhas dos Rastros. Por horas eles navegaram sem conseguir encontrá-las.


Por três dias e três noites ficaram no continente, esboçando planos cada vez mais audaciosos para encontrar sua morada. O tempo passava, e o temor pela vida dos familiares deixados na ilha aumentava. Fante, submerso em sua tristeza, fez uma prece à Sacerdotisa. Ao olhar novamente para o mar, viu as copas de uma grande Cerejeira, tão alta quanto as nuvens. Ao tentar acompanhar o caule da árvore finalmente encontrou uma das ilhotas.


Logo todos Kãdus encontraram as ilhas. Em cada uma delas eles plantaram uma Cerejeira. A partir desse dia elas serviram de guia para suas rotas marítimas, pintando os céus do arquipélago com suas folhas rosadas.


Fante fixou-se no caminho da fé, peregrinou para Santa Cora em busca dos caminhos de seu Ícone, jurando plantar uma Cerejeira em todos os locais desolados pelo Ícone Cruzado.


Arma: Martelo de Guerra

Armadura: Escamas de Aço Branco

Escudo: madeira de Cerejeira, com o símbolo da Sacerdotisa

Outro: 25 PO

Local de Origem: Arquipélago Ilhas dos Rastros

Ícone: A Sacerdotisa

Antagonista: O Cruzado

Jargão: "Se prestar atenção, você poderá ouvir a canção de esperança do mundo"

Foi treinado em: A Catedral, em Santa Cora, a cidade dos Templos.


Singularidade: carrega uma embornal com sementes de Cerejeira, que ele planta em locais profanos ou com batalhas sangrentas. Tem medo de sair à noite e nunca mais encontrar o caminho da Catedral.


4 visualizações

81 997241357

Recife - Pernambuco

©2019 por ClubedoXP. Orgulhosamente criado com Wix.com